Festival Internacional do Cavalo Puro Sangue Lusitano

by • • • Comments (0)

 

Realiza-se nos próximos dias 21, 22 e 23 de Junho, no Hipódromo Manuel Possolo em Cascais a trigésima edição Festival Internacional do Cavalo Puro Sangue Lusitano que conta com a coorganização da Câmara Municipal de Cascais.
O Festival tem uma participação de cerca de 250 cavalos, no Concurso de Modelo e Andamentos, Equitação de Trabalho, Ensino, Equitação à Portuguesa, Saltos de Obstáculos e para a realização do Espetáculo Equestre.
Conta com a presença de cerca de 20 Stands que preenchem o espaço dedicado aos expositores e tem com uma média de 5.000 visitantes por dia.
O Espetáculo Equestre, no Hipódromo Manuel Possolo conta com a presença de muito publico e com lotação esgotada na Tenda VIP montada para o efeito.
No decorrer do espetáculo são entregues os Prémios aos Vencedores do Concurso e aos Lusitanos que se destacaram nas diferentes disciplinas no ano anterior.
O evento tem como principais objectivos aproximar o Cavalo Lusitano do público em geral, avaliar e classificar os produtos apresentados, mostrar o que de melhor existe na Raça, promover o encontro entre os criadores e seus clientes, quer a nível nacional quer internacional, promover o diálogo entre os vários criadores e promover o contacto dos criadores com todos os participantes estrangeiros e a comunicação social.

Cavalo Lusitano
O Cavalo Lusitano é único e dos produtos nacionais de maior sucesso e prestígio internacionais, a par do vinho da cortiça e do azeite.
Nos últimos séculos o Lusitano destacou-se por ser o cavalo por excelência para a Arte Equestre e para o Toureio mas, para além de ser o cavalo que mais prazer dá montar, continuará a surpreender pela sua natural aptidão para o Ensino e Atrelagem de competição, onde aliás já obteve, por duas vezes, o título de Campeão do Mundo. Também na Equitação de Trabalho se distingue ao obter os mais importantes títulos internacionais.
É actualmente procurado como montada de desporto e de lazer, e como reprodutor pelas suas raras qualidades de carácter e antiguidade genética.
O Cavalo Lusitano mobiliza um vasto e heterogéneo público, desde os criadores particulares e institucionais aos equitadores e tratadores, passando pelos comerciantes nacionais e estrangeiros.
No que se refere à sua utilização, é procurado pelos cavaleiros tauromáquicos, pelas escolas institucionais e privadas, pelas estruturas turísticas, de aprendizagem, desporto e lazer e pelo público em geral e é um cavalo que se distingue tanto na iniciação desportiva como na alta competição, nas diferentes modalidades: Ensino, Obstáculos, Concurso Completo, Atrelagem, Equitação de Trabalho, Equitação adaptada.
O Cavalo Lusitano posiciona-se para as classes média alta e alta, sendo no entanto muito apreciado pelo público em geral, o que lhe confere a particularidade de suscitar o interesse e a paixão de todos.

APSL – Associação Portuguesa de Criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano
Com cerca de 400 associados que representam 91% dos lusitanos nascidos em Portugal a APSL apoia e representa os associados na actividade de criação de cavalos Puro Sangue Lusitano, supervisiona e monitoriza a criação dos cavalos, mantém o livro genealógico da raça, único a nível mundial, promove provas e concursos de vária índole, promove o conhecimento científico, divulga acontecimentos, forma e credencia juízes da raça e organiza anualmente o Festival Internacional do Cavalo Puro Sangue Lusitano.
Existem 19 associações congéneres da APSL, localizadas nos seguintes países: África do Sul, Alemanha, Austrália, Bélgica, Brasil, Colômbia, Dinamarca, Espanha, Equador, EUA, França, Finlândia, Grã-Bretanha, Holanda, Itália, México, Noruega, Suécia e Suíça.

 

Pin It

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *